Pedro Avelino

Uma foto mudou a vida deste homem em Pedro Avelino

Por em 4 de Maio de 2018 às 08:03:15

 

Já dizia o escritor Adilson Santos, ao escrever a seguinte frase: “O fotógrafo quanto faz uma foto usa os olhos, a alma, o coração e a emoção. E no final o dedo. Para ver e entender a mesma, use tudo… menos o dedo. ”

Na opinião do blogueiro Fernando a Verdade, irmão do vereador Agtônio Soares, cassado pelo o TER/RN da cidade de Pedro Avelino. O fotógrafo usou no final o dedo, um pecado capital, para acusar, testemunhar e ajudar a condenar um vereador do povo, com 25 anos de vida pública, um politico com vários mandatos na Câmara Municipal.

A foto foi registrada no evento promovido pelo o governo do estado “Micro Crédito” na cidade de Pedro Avelino, onde foi feita a distribuição de 400 títulos de terra. A imagem foi usada como prova no processo como influência do vereador Agtônio Soares com o eleitor.

O parlamentar Agtônio participava do evento junto com a Prefeita Neidy Suely, com o governador do estado, com o deputado José Adecio, e varias lideranças politicas do município e do estado em pleno período eleitoral, e acreditem se quiser… O ponto principal da prova da acusação foi uma foto tirava por um fotografo no dia deste evento.

O que não se pode fazer na vida de um profissional da fotografia, é jamais afirmar através da foto algo além do registro, qualquer imagem fala por si, mas segundo Fernando, o fotógrafo além de ter registrado ainda mentiu ao afirmar em depoimento na justiça que as duas pessoas que o vereador Agtônio Soares estava abraçado eram eleitores que ele estava aliciando, quando na verdade quem mora e residem em Pedro Avelino bem sabe que eram dois eleitores do vereador Fernando Pedrosa.

O TER/RN cassou no início de abriu desde ano, o diploma do vereador Francisco Agtônio Soares, além da prefeita e do vice-prefeito de Pedro Avelino, Neide Suely Muniz Costa e Nilton Mendes por abuso de poder econômico e político, além de “conduta vedada”. Na mesma ação, o deputado estadual José Adécio foi condenado à inelegibilidade, por oito anos, junto com eles.

Todos os afastados do cargo recorreram da decisão, mas o Tribunal Regional Eleitoral já marcou novas eleições na cidade Pedro Avelino para o próximo dia 3 de junho de 2018. O vereador Agtônio Soares, foi substituído pelo o suplente, mas o que se ver na cidade é um politico de cabeça erguida, ao lado do povo que o elegeu, lutando dia e noite pra provar a justiça eleitoral sua inocência provando que foto também mente.

A FOTO QUE MUDOU A VIDA DO VEREADOR AGTÔNIO SOARES – Consta nos autos do processo a participação do vereador Agtônio Soares e dos demais Réus durante o evento na DISTRIBUIÇÃO DE 400 TÍTULOS DE TERRA. O vereador alega inocência, ele desafia a quem quer que seja, quem tenha visto, filmado, gravado ou ainda, que tenha conhecimento que ele se envolveu em qualquer participação para tirar proveito eleitoral, até porque nesse evento, segundo Agtônio não foi entregue um só titulo de terra a nenhuma família do município de Pedro Avelino. O que resta é aguardar os próximos capítulos.

 

NOTA DESTE BLOG:  Primeiro, a postagem acima se encontra no blog Guamaré em Dia, que pode ser visualizada clicando Aqui. Segundo, quem é da Região Central e além dela, sabe que as duas pessoas que estão na foto acima com o vereador Agtônio Soares são os vereadores Magnos Paulo (camisa azul, de costa) e o vereador Pretinho, ambos do município de Fernando Pedroza. Se a cassação do vereador Agtônio Soares se deu em decorrência dessa foto, praticou-se a maior injustiça com o mesmo. Abaixo, coloco os “santinhos” de campanha dos vereadores Pretinho e Magnos Paulo, repito, ambos do município de Fernando Pedroza, que estão na foto acima com o vereador Agtônio Soares.

 

 

Imprimir
TAGS

DEIXE UM COMENTÁRIO

um + 7 =