Gerais

Municípios devem organizar estratégias para ampliação da testagem sorológica da Covid-19

Por em 16 de outubro de 2020 às 12:45:57

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) emitiu ontem (15) uma nota técnica em que amplia a testagem sorológica da Covid-19 para toda a população do Rio Grande do Norte.

Os locais para testagem são definidos pelos municípios e a população deve procurar a Secretaria de Saúde de sua cidade para confirmar os locais disponíveis para testagem.

Kelly Maia, do Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) da Sesap, explicou que a coleta é feita pela rede municipal de saúde, que encaminha para os laboratórios regionais, que por sua vez disponibilizam os resultados para os municípios.

“Cabe aos municípios pensar as estratégias para realização das coletas, que podem ser desde a atenção primária ou mesmo em centros de testagem. É importante que a população verifique junto aos municípios as estratégias utilizadas, procurem os agentes comunitários de saúde ou a unidade de saúde mais próxima de sua residência. Ainda ressalta-se que é necessária a prescrição médica, e que alguns municípios já estão adotando a estratégia de, no local da coleta, ter um médico prescrevendo a requisição do exame”.

Os kits para diagnóstico já foram distribuídos aos Laboratórios regionais em Natal (Lacen), Caicó (Larec), Mossoró (Larem) e Pau dos Ferros (Larepf), atendendo a todas as oito regiões de saúde do estado.

Podem procurar os locais de coleta em cada município todas as pessoas sintomáticas (após 14 dias do início dos sintomas) e também as que não apresentaram sintomas. Os testes deverão ser realizados apenas em pacientes que não possuam previamente resultado positivo para detecção do vírus SARS-CoV-2 através da técnica RT-PCR.

A metodologia utilizada para a detecção de anticorpos é o imunoensaio por quimioluminescência in vitro para a determinação qualitativa de anticorpos de IgM e IgG para o novo Coronavírus, sendo a Imunoglobulina M mais associada a uma exposição recente ao vírus e a Imunoglobulina G a uma exposição mais tardia

A Sesap lembra que para a testagem de pacientes com sintomas agudos, deve ser priorizada a realização dos testes de RT-PCR, considerado padrão-ouro para diagnóstico, destinado a toda a população sintomática, indicado para ser realizado até o 7º dia de início de sintomas.

Imprimir
TAGS

DEIXE UM COMENTÁRIO

doze − cinco =