Categoria Navegação

Estado


VIEW POST

View more
Estado

Vivaldo solicita que Defesa Civil do RN faça visita a Barragem Passagem das Traíras com urgência

Por em 29 de janeiro de 2019 às 15:20:33

O deputado Vivaldo Costa (PSD) encaminhou, nesta terça-feira (29), pedido ao coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil do Rio Grande do Norte, para que faça visita in loco na Barragem Passagem das Traíras. O parlamentar já conversou com a governadora Fátima Bezerra (PT) e o secretario do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do RN, João Maria Cavalcanti.

A preocupação de Vivaldo é em relação ao maciço da barragem, que faz parte da bacia que integra o Rio Piranhas-Açu, tendo em vista um relatório de 2017 da Agencia Nacional de Águas (ANA) apontar desagregação no maciço rochoso da barragem.

“Visando à segurança da população do Seridó, área onde se localiza a barragem, e ainda, preocupado com a situação do manancial, vimos por meio desta solicitar com urgência uma inspeção e reparos na Barragem Passagem das Traíras”, destaca o documento encaminhando ao tenente-coronel Marcos de Carvalho Fernandes. O coordenador da Defesa Civil garantiu que deverá priorizar a vistoria.



VIEW POST

View more
Estado

Após 21 anos sem receber manutenção, obras na sede da Escola de Dança do TAM avançam

Por em 28 de janeiro de 2019 às 07:47:27

Com 33 anos de fundação, a Escola de Dança do Teatro Alberto Maranhão coleciona prêmios e continua formando centenas de alunos. Agora em 2019 se prepara para entrar em um novo momento: a restauração completa do prédio onde funciona, na Ribeira, após 21 anos sem receber manutenção. Assim como está fazendo com outros nove equipamentos culturais, o Governo do Estado, por meio do projeto Governo Cidadão e Banco Mundial, está investindo R$ 1,8 milhão na restauração da EDTAM.

As obras se encontram 25% avançadas e enquanto o prédio não fica pronto, as aulas continuam acontecendo no Memorial Câmara Cascudo, na Cidade Alta, que também foi restaurado. “A escola está naquele prédio há 21 anos e nunca passou por uma manutenção. É de extrema importância que o Governo do Estado tenha tido essa sensibilidade de olhar para aquele prédio histórico e esteja incentivando a arte da dança por meio dessa reforma. Com a estrutura recuperada, poderemos oferecer um espaço melhor aos nossos alunos e até receber mais bailarinos para estudar”, registra a diretora artística da EDTAM, Wanie Rose.

Para o diretor da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, que administra a Escola, a instituição caminha para reviver o seu grande papel de centro de excelência artística após a restauração. “A infraestrutura da cultura artística potiguar está quase toda em fase de reconstrução depois de um período de descaso. No momento várias obras estão em andamento e, no caso da EDTAM, o Estado terá de volta não só a beleza arquitetônica de um prédio histórico, mas a leveza dos passos da dança em seu lugar de origem”, destaca.

Em seus 33 anos de existência, cerca de 10 mil alunos já passaram pelas salas de aula da escola e tiveram acesso à formação e cultura através do ensino da dança. Atualmente funcionando no Memorial, um espaço menor, cerca de 300 alunos estão matriculados e assistindo as aulas. Assim que a reforma for concluída no prédio sede, esse número poderá subir para até 500 estudantes.

Considerada a mais tradicional escola de dança do Rio Grande do Norte, a EDTAM tem como uma de suas principais qualidades exportar alunos. Dez já foram aprovados nas audições do Bolshoi em Joinville (SC).

"A reforma veio num momento maravilhoso, porque o piso já estava deteriorado, com as tábuas soltas. Agora teremos acessibilidade, banheiros maiores, uma praça de alimentação na parte de trás. Isso engrandece e multiplica os artistas de dança da nossa cidade", acrescenta Wanie. Tida como um grande celeiro, a EDTAM atualmente recebe alunos a partir dos quatro anos de idade, que pagam mensalidade ao preço simbólico de R$ 60.

Fotos: João Vital



VIEW POST

View more
Estado

Servidores estaduais da saúde aprovam greve para dia 5 de fevereiro

Por em 24 de janeiro de 2019 às 16:12:56

Os servidores estaduais da saúde do Rio Grande do Norte aprovaram na manhã desta quinta-feira (24), greve da categoria para o dia 5 de fevereiro, a proposta foi votada por ampla maioria em assembleia geral no auditório do Sinpol. O início da greve vai coincidir com um ato unificado, com todos os servidores públicos do estado, em frente à Governadoria, ás 9h da manhã.

A greve é fruto dos constantes ataques que os servidores estaduais vêm sofrendo nos últimos anos. O parcelamento dos salários de janeiro gerou muita revolta dos servidores da saúde que estão com os salários de dezembro e o 13º de 2018 ainda atrasados. “Os servidores e aposentados da saúde estão endividados, sem dinheiro até para ir trabalhar”, disse uma servidora.

Além disso, a governadora Fátima Bezerra (PT), publicou no último dia (21), um decreto suspendendo o pagamento e o gozo da licença-prêmio, direito garantido por lei a todos os servidores. O decreto foi revogado pelo governo após reunião com o Fórum dos servidores, nesta quarta-feira (23), que não aceitou a medida.

A saúde é a primeira categoria a iniciar uma greve por tempo indeterminado no novo Governo. “Atacou nossos direitos, vamos para as lutas!”, enfatiza Manoel Egídio, coordenador-geral do Sindsaúde-RN.