Categoria Navegação

Estado


VIEW POST

View more
Estado

FEMURN e CNM promovem encontros do ‘Ação Municipalista’ em todo Estado

Por em 28 de junho de 2018 às 09:02:09

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) e a Confederação Nacional de Municípios (CNM) promovem encontros do Ação Municipalista, evento que levará a pauta municipalista e novas ferramentas aos gestores municipais.

Os encontros ocorrerão a partir do dia 03 de julho e percorrerão o Estado. A Ação Municipalista será realizada em Goianinha (03 de julho), São Paulo do Potengi (04 de julho), Currais Novos (05 de julho), Lajes (06 de julho), Mossoró (09 de julho), Pau dos Ferros (10 de julho) e Extremoz (13 de julho), e os gestores de todos os municípios potiguares podem participar.

Na pauta dos encontros, haverá debates sobre temas atuais e importantes para a gestão local, como por exemplo: Projeto Integração Local para Reinserção do Usuário de Drogas (Reinserir), Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS); 'Fake News'; Condutas Vedadas; e Consórcios Públicos.

Para o Presidente da FEMURN e Prefeito de São Paulo do Potengi, Naldinho, os encontros fortalecem o movimento municipalista e capacitam os gestores: "Haverá encontros em praticamente todas as regiões do Estado. Então, é uma grande e importante oportunidade para os prefeitos, secretários, assessores, vereadores e mesmo a sociedade em geral, já que é um evento que vai agregar conhecimento aos participantes. Convidamos a todos que participem dos encontros da Ação Municipalista", afirmou.

Ainda segundo Naldinho, os temas abordados nos encontros servem de auxílio e orientação: "Abordaremos temas como condutas vedadas e 'fake news'. Mesmo as eleições deste ano sendo estaduais, os prefeitos atuam como lideranças dos candidatos no pleito de 2018.

Então, queremos dar essa orientação aos agentes públicos municipais, aliado aos temas que fortalecem nosso movimento municipalista. A Ação Municipalista é uma grande oportunidade de os gestores potiguares aprofundarem seus conhecimentos e melhorarem a condução das cidades", disse o presidente.

Técnicos da Confederação Nacional de Municípios, além de advogados, juízes eleitorais e juristas participarão dos debates, esclarecendo dúvidas e auxiliando os participantes a respeito dos temas que afetam as gestões municipais.

Os eventos também contam com o apoio das Prefeituras das cidades onde ocorrerão os encontros, e das associações regionais de municípios (AMLAP - ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO LITORAL AGRESTE; AMSO - ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA MICRO REGIÃO DO SERIDÓ OCIDENTAL; AMORN - ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO OESTE DO RN; AMS - ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO SERIDÓ).

Os encontros iniciam às 8h, com duração prevista de cinco horas, e entrega de certificado.

PROGRAMAÇÃO:

03/07 - GOIANINHA

04/07 - SÃO PAULO DO POTENGI

05/07 - CURRAIS NOVOS

06/07 - LAJES

09/07 - MOSSORÓ

10/07 - PAU DOS FERROS

13/07 - EXTREMOZ



VIEW POST

View more


VIEW POST

View more
Estado

RN atinge a meta de vacinação contra a Influenza

Por em 25 de junho de 2018 às 12:10:12

A 20º Campanha de Vacinação contra a Influenza, iniciada em 23 de abril, teve sua última prorrogação encerrada nesta sexta-feira, dia 22 de junho. O Rio Grande do Norte, até esta data, administrou 835.729 mil doses, atingindo uma cobertura vacinal geral de 90,07%.

A coordenadora estadual de imunização, Katiúcia Roseli, explica que a partir do dia 25 de junho os municípios que ainda não atingiram a meta deverão buscar estratégias para continuar vacinando os grupos prioritários, em especial crianças e gestantes, pois são os dois únicos grupos que ainda não atingiram a meta da campanha.

“Informamos, ainda, que a partir do dia 25 de junho, caso haja disponibilidade de vacinas no município, esta poderá ser oferecida para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos, conforme recomendação do Ministério da Saúde”.

A coordenadora afirmou que a campanha terá resultados positivos para a saúde pública no estado. “A Sesap e a Coordenação Estadual do Programa de Imunizações celebram a meta alcançada pois acreditamos no impacto positivo que isso acarretará, visto que a vacina tem como objetivo proteger a população de casos de influenza e reduzir as complicações e internações ocasionadas por esta”.