Categoria Navegação

Gerais


VIEW POST

View more
Gerais

Aberto prazo para aditamento de renovação dos contratos do Fies

Por em 4 de julho de 2019 às 11:32:13

Está aberto o prazo para os estudantes realizarem os procedimentos para aditamento de renovação dos contratos do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Para isso, basta acessar a página www.sifesweb.caixa.gov.br. O prazo termina em 31 de agosto e vale para contratos assinados desde janeiro de 2018.

Uma das condições para realizar o aditamento é estar com os pagamentos em dia. 128 mil estudantes devem realizar os procedimentos. A não realização do aditamento por três semestres consecutivos pode ocasionar o cancelamento do contrato.

Caso haja necessidade de alterações no contrato, como a troca de fiador, o estudante deve comparecer a uma agência da CAIXA. Nesse caso específico, o estudante deverá comparecer com o novo fiador e apresentar a documentação necessária para assinatura de termo aditivo ao contrato.

Transferências – Os pedidos de suspensão ou encerramento do semestre também já podem ser feitos. Já os estudantes que desejam realizar a transferência de instituição de ensino devem ficar atentos. As solicitações podem ser feitas a partir da próxima segunda-feira (8).

A CAIXA opera com exclusividade o Novo FIES. O programa é destinado aos estudantes que possuem renda de até três salários mínimos e oferece financiamento com juros zero.

Novo Fies – O Novo FIES é um modelo que traz melhorias na gestão do fundo, dando sustentabilidade financeira ao programa a fim de garantir e viabilizar um acesso mais amplo ao ensino superior.

As principais mudanças do Novo FIES, quando comparado ao processo anterior, são a forma de pagamento do curso, que passa a ser mensal em emissão de boleto, a exigência de seguro prestamista (cobertura em caso de falecimento do estudante) e a ausência de carência para pagamento da amortização do contrato.

Estudantes podem fazer o download da cartilha com mais orientações no linkhttp://www.caixa.gov.br/programas-sociais/fies/Paginas/default.aspx. Já as instituições de Ensino, podem consultar o endereço eletrônico http://www.caixa.gov.br/empresa/instituicoes-ensino-fies/Paginas/default.aspx para mais informações sobre os procedimentos a serem adotados.

Serviço:

Aditamento de renovação de contrato do Novo Fies

De 02 de julho a 31 de agosto

Pelo site www.sifesweb.caixa.gov.br



VIEW POST

View more
Gerais

Consumo excessivo de sal é um dos principais fatores de hipertensão no Brasil

Por em 4 de julho de 2019 às 11:01:13

O consumo excessivo de sal, tabagismo, alcoolismo e o sedentarismo, aliados a uma alimentação inadequada são fatores de risco associados à hipertensão, que atinge um a cada quatro brasileiros adultos. Uma Pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE (POF 2008-2009) apontou que dois terços do consumo de sal pela população brasileira vêm do sal adicionado ao cozinhar direto no prato.

De acordo com o POF, o brasileiro consome mais que o dobro de sal (quase 12g) da quantidade recomendada (5g) pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O cardiologista Thiago Gabriel, do Hapvida saúde explica como pode ser feita a prevenção da doença.

”Existem estratégias como a reeducação alimentar e nutricional. Adotar um estilo de vida saudável desde a infância até a terceira idade e a realização dos exames de saúde rotineiros pelo menos uma vez no ano contribuem para a prevenção da Hipertensão”, afirma.

A hipertensão é uma doença crônica, mas existem diversas maneiras de controla-la. Quanto ao tratamento, somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente, podendo receitar medicamentos específicos.



VIEW POST

View more
Gerais

Mulheres se reúnem para sugerir políticas públicas para o PPA

Por em 3 de julho de 2019 às 18:02:58

Dezenas de mulheres de várias organizações da sociedade civil se reuniram hoje (3) na Escola de Governo para debater políticas públicas específicas para o grupo. O Governo do Estado, em parceria com a deputada Isolda Dantas, realizou uma consulta popular presencial com as mulheres e colheu sugestões para integrar o Plano Plurianual 2020-2023. O principal eixo trabalhado foi o 3, que trata da garantia de direitos.

Para a professora e secretária da União Brasileira de Mulheres (UBM), Mônica Cavalcanti, um momento como o de hoje empodera as mulheres e é uma oportunidade de discutir os direitos do grupo e lutar por eles. “É um momento de construção desses direitos para que possamos exercê-los no futuro. Vejo esse encontro como algo singular e muito rico”, avalia.

A secretária estadual de Mulheres, Igualdade Racial, Juventude e Direitos Humanos (Semjidh), Arméli Brennand, destacou que o encontro de hoje se soma à discussão realizada nos 10 territórios ao longo do último mês sobre o PPA. “Uma das lutas que assumiremos é pelo fortalecimento dos conselhos e organizações voltados para as mulheres e minorias. E por isso nos sentimos felizes e honrados de ter esse momento de diálogo e apresentação de propostas”, disse.

A coordenadora de diversidade sexual e gênero da Semjidh, Janaína Lima, acompanhou as discussões do Eixo 3 nos dez territórios e apontou dois pleitos principais elencados pelas mulheres: a criação de uma rede socioassistencial de proteção à mulher e de políticas públicas para incentivo à geração de trabalho e renda para o grupo, visando a autonomia financeira.

O coordenador de Planejamento, Acompanhamento e Controle da Secretaria de Planejamento (Seplan), Américo Maia, abriu os trabalhos explicando que no PPA anterior, das 32 metas colocadas para as mulheres, apenas sete foram cumpridas. A falta de recursos para concluir as demais foi o grande empecilho.

Entre os dados apresentados para embasar o trabalho que se seguiu, destaca-se que o RN tem hoje 51,2% de mulheres em sua população, totalizando 1.782.268 segundo o IBGE em 2018. Em relação aos homicídios de pessoas do sexo feminino, o RN foi o estado que mais cresceu no Brasil entre os anos de 2006 e 2016: 138% de aumento no número de casos.