Categoria Navegação

Mossoró


VIEW POST

View more
Mossoró

Câmara Municipal realizará Sessão Solene em homenagem aos 90 anos do voto feminino, por proposição de Francisco Carlos 

Por em 21 de novembro de 2017 às 09:01:22

Contar que o primeiro voto feminino do Brasil e da América Latina partiu de Mossoró é um dos símbolos de liberdade e orgulho para o mossoroense. A pioneira Celina Guimarães Viana entrou para a história ao votar no dia 25 de novembro de 1927 em uma época que o voto feminino não era permitido no Brasil.

Buscando preservar a cultura e a memória do município, o Professor Francisco Carlos (PP) propôs uma Sessão Solene para homenagear e resgatar as memórias dos 90 anos do primeiro voto feminino. A Sessão Solene acontecerá às 18h, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró, no dia 23 de novembro de 2017.

O Professor elaborou a programação cultural da cerimônia em parceria com as academias e instituições culturais de Mossoró. Durante a solenidade, mulheres que se destacaram no âmbito social, político e cultural de Mossoró serão homenageadas com a medalha “Celina Guimarães”.



VIEW POST

View more
Mossoró

Com 297 proposições, professor Francisco Carlos tem alta produtividade na Câmara Municipal em 2017 

Por em 11 de novembro de 2017 às 07:39:39

Faltando pouco mais de 30 dias para o fim das atividades legislativas do ano de 2017, o vereador Professor Francisco Carlos (PP) tem altíssima produtividade na Câmara Municipal de Mossoró (CMM).

Ao longo deste ano, o parlamentar foi autor de 297 proposições, que são as somas de projeto de lei, projeto de resolução, projeto de decreto, emendas, requerimentos e indicações. Só os projetos de lei e emendas foram, respectivamente, 16 e 43.

Fazendo um comparativo da soma das proposições com os 365 dias do ano, a cada 30 horas ocorre uma ação parlamentar pelo professor Francisco Carlos. São ações voltadas para diversos segmentos da sociedade como educação, segurança, saúde, cultura e meio ambiente.

O parlamentar também participa, assiduamente, das Sessões Ordinárias da CMM. Apenas em três momentos o edil não esteve presente nos trabalhos da casa, tendo suas faltas justificada por estar representando a Câmara Municipal na Frente Parlamentar e Popular em Defesa da UERN, em Natal.

Durante todas as 42 Sessões Ordinárias em que ocorreram fala na tribuna, o professor Francisco Carlos ocupou 31, sempre tratando de temas relevantes, elevando a qualidade do debate na Casa Legislativa.

Se os usos da tribuna fossem somados as proposições, Francisco Carlos elevaria suas ações parlamentares para 328. Essa atuação é reflexo do comprometimento que Francisco Carlos tem com a sociedade mossoroense.

Além da alta produtividade na CMM, o professor atua ainda na Frente Parlamentar e Popular em Defesa da UERN, Comissão de Educação Esporte Cultura e Lazer, Conselho Municipal de Educação e Comissão Coordenadora do Plano Municipal de Educação.



VIEW POST

View more
Mossoró

Obras do Hospital Regional da Mulher serão iniciadas até o final do ano

Por em 10 de novembro de 2017 às 08:01:22

Em coletiva à imprensa durante visita administrativa em Mossoró nesta quinta-feira (9), o secretário de Saúde do RN, George Antunes, anunciou em primeira mão que o contrato com a empresa vencedora da licitação para a construção do Hospital Regional da Mulher, em Mossoró, está prestes a ser assinado.

O secretário informou que o resultado já foi homologado e a contar da data da assinatura, as obras são iniciadas após 30 dias. O custo do hospital é da ordem de R$ 104 milhões, sendo R$ 54 milhões para a obra e R$ 50 milhões para a compra de equipamentos.

O hospital atenderá três regiões sanitárias de saúde (Mossoró, Assu e Pau dos Ferros), sendo os recursos financiados pelo Banco Mundial e será habilitado no serviço de gestão de alto risco.

George Antunes foi a Mossoró tratar do Termo de Cooperação Técnica e Financeira entre Entes Públicos (TCEP), firmado entre a Sesap e a Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró (SMS). Na manhã desta quinta-feira, o gestor participou de uma reunião sobre essa questão.

O TCEP significa um incremento nos valores da tabela SUS, através da transferência de recursos da Sesap para a Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró. A Sesap vai arcar com 60% do valor da complementação, cerca de R$ 12 milhões, e o município de Mossoró com o correspondente a 40%, cerca de R$ 7 milhões.

Na prática, já está ocorrendo com a contratação de unidades privadas sob gestão municipal, para realização de cirurgias eletivas nas áreas de ortopedia, cirurgia geral, oncologia de alta e média complexidade, ginecologia e cardiologia de alta e média complexidade.

O TCEP também prevê a realização de cirurgias neurológicas, estas sob gestão estadual, por meio de contratação do Hospital Wilson Rosado, e a complementação do valor das diárias de UTI contratadas em unidades filantrópicas e privadas.

O secretário afirma que “A cooperação entre os entes públicos significa um avanço na implementação do serviço de ortopedia em Mossoró, o que já está beneficiando diretamente os pacientes das três regiões, impactando na diminuição das filas de espera por cirurgias desta especialidade em Natal”.

Os pacientes atendidos no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, após submetidos às cirurgias de urgência, já seguem o tratamento no próprio município.