Estado

Obra da adutora emergencial que atenderá Mossoró e Assú está em andamento

Por em 7 de janeiro de 2018 às 08:10:22

A obra da adutora emergencial que atenderá as cidades de Mossoró e Assú está em andamento. Com extensão de 11 quilômetros, a nova adutora capta água do volume morto da adutora Armando Ribeiro Gonçalves.

No valor de de R$ 5 milhões com recursos próprios, a obra oferece mais uma alternativa operacional à Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) pois garante novo ponto de captação e poderá ser usada no período de estiagem e também após a chegada do inverno.

Está sendo assentada a tubulação no trecho entre a Estação de Tratamento de Água da adutora Jerônimo Rosado até um novo ponto de captação dentro da barragem Armando Ribeiro, aonde está concentrado o chamado volume morto do manancial.

A tubulação é de 600 milímetros e quando entrar em operação no mês de fevereiro irá substituir a captação da adutora Jerônimo Rosado que está localizada às margens da BR-304, próximo à ponte sobre o rio Açu.

A obra da adutora emergencial segue da Estação de Tratamento de Água (ETA) passando pelas comunidades de Poassa, Cumbi e Casa de Madeira que ficam às margens do rio Açu.

A partir da ETA, as cidades de Mossoró e Assú continuam a ser abastecidas pela tubulação já existente da adutora Jerônimo Rosado. Com a conclusão da obra, a Caern ficará com duas opções de captação na barragem Armando Ribeiro para atender as cidades de Mossoró e Assú.

No ano passado, o governador Robinson Faria (PSD) juntamente com a bancada federal esteve no Ministério da Integração Nacional solicitando os recursos para esta e outras obras de convivência com a seca, mas como não houve repasse, a Caern está fazendo o investimento com recursos próprios.

Cinco novos poços estão previstos para serem perfurados na cidade de Mossoró em 2018 com investimento de R$ 15 milhões. As áreas para perfuração estão sendo estudadas pela geologia da empresa e vão contemplar áreas de expansão.

Este ano, o poço 28 que atende a área nas imediações do Shopping entrou em operação e outro poço no bairro Itapetinga foi perfurado devendo entrar em operação até fevereiro de 2018 com investimento de R$ 3 milhões.

(Com informações ACS Caern).

Imprimir
TAGS

DEIXE UM COMENTÁRIO

três × 1 =