Política

Bolsonaro veta pagamento de duas cotas por vez do auxílio emergencial

Por em 29 de julho de 2020 às 06:32:49

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou nesta terça-feira (28) o projeto de lei 2.508, que previa a possibilidade de uma pessoa receber duas cotas do auxílio emergencial, independentemente do sexo do provedor, caso fosse provedora única da família.

Em nota, a assessoria do governo apontou que “não há estimativa do impacto orçamentário e financeiro dessa proposição, o que impede juridicamente a sua aprovação”. O comunicado aponta ainda que o veto presidencial não é um “ato de confronto” ao Poder Legislativo.

Leia mais Aqui

Imprimir
TAGS

DEIXE UM COMENTÁRIO

quinze + 8 =

Publicidade