Política

Coronel Azevedo parabeniza Governo Federal pela ação do auxílio emergencial no RN

Por em 29 de julho de 2020 às 13:58:40

O auxílio emergencial concedido pelo Governo Federal durante o período de pandemia do novo coronavírus foi destaque do pronunciamento do deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) na sessão ordinária desta quarta-feira (29), na Assembleia Legislativa.

“O Governo Bolsonaro está permitindo o direito de preservação e sobrevivência a milhões de pessoas, no instante talvez mais difícil para o Brasil e o Rio Grande do Norte com a pandemia que chega ao seu quinto mês”, afirmou.

De acordo com o parlamentar, para o Rio Grande do Norte foram repassados, de abril até o início dessa semana, o valor exato R$ 778,8 milhões, recursos destinados àquelas pessoas mais carentes. Somente em maio passado, foram R$ 44,5 milhões. “Trata-se de uma medida decisiva do Governo Federal, que sem fazer alarde, optou por priorizar vidas”, disse.

Ainda em sua fala, Coronel Azevedo informou que “no Brasil inteiro, 65 milhões pessoas receberam a quarta parcela, sendo 19 milhões e 200 beneficiados pelo Bolsa Família, 10 milhões e 500 mil do Cadastro Único e 39 milhões que não recebiam qualquer benefício público. Esse conjunto de ações efetivas, reais, práticas e rápidas, eu chamo de sensibilidade social”.

O deputado ressaltou como seria se não houvesse o auxílio emergencial. “Teríamos o caos em todo o interior, quem sabe com a repetição de episódios lamentáveis de saques ao comércio das cidades, como em tempos passados de seca. Teríamos homens e mulheres empurrados pela fome a esmolar pelos canteiros num quadro de caos que o Governo Federal evitou sem fazer alarde, sem exagerar na propaganda, priorizando vidas”, declarou.

No encerramento de seu pronunciamento, Coronel Azevedo disse que faz “este relato por uma questão de justiça. Para prestar contas de uma medida de extrema importância e solidariedade, que vem mantendo a esperança e a normalidade social em meio a uma doença que ainda persiste em atingir nossa gente”.

Imprimir
TAGS

DEIXE UM COMENTÁRIO

três × quatro =

Publicidade