Categoria Navegação

Estado


VIEW POST

View more
Estado

Exposição “Mulheres de Peito” integra ações do Outubro Rosa no Legislativo do RN.

Por em 4 de outubro de 2018 às 14:01:27

Treze mulheres com histórias de superação. Em comum, a superação do diagnóstico de câncer de mama, passando pela quimioterapia e mastectomia (retirada da mama). Elas estão retratadas na exposição “Mulheres de Peito”, da fotógrafa Kalina Veloso, que está em sua quarta edição e chega à Assembleia Legislativa na próxima segunda-feira (8), onde ficará por uma semana aberta à visitação e se soma às ações da Casa pela passagem do Outubro Rosa.

“A ideia da exposição é dar continuidade e destaque a elas. Valorizar pessoas que estão enfrentando com muita dignidade e bravura o câncer de mama. Quero mostrar que mesmo diagnosticadas com um problema sério, elas são bonitas, guerreiras e tiveram uma atitude sublime, pois mesmo não estando num momento muito favorável, se dispuseram a colaborar com o ensaio fotográfico”, afirmou Kalina, cujo trabalho é engajado na temática da mulher.

O mesmo material fotográfico da exposição integra as páginas da revista Elas por Ela, também de Kalina, que foi lançada durante os eventos do Agosto Lilás em Natal. A autora das fotos também relata o fato de muitas terem comparecido ao estúdio fotográfico inclusive após sessões de quimioterapia.

Em relação às ações da Casa Legislativa pela passagem do Outubro Rosa, grupos potiguares de apoio às mulheres com câncer foram homenageados em 2017, quando a Assembleia lançou, pelo terceiro ano consecutivo, mutirão para exames de mamografia em diversos pontos da capital com a parceria do Grupo Reviver. Em paralelo, também foi promovida a campanha “Doe Lenços”, uma iniciativa nacional encampada pelas Secretarias de Saúde e da Mulher da União Nacional dos Legislativos Estaduais (Unale).



VIEW POST

View more
Estado

Idosas orgulhosas por serem personagens de mostra fotográficas na Assembleia

Por em 1 de outubro de 2018 às 15:25:08

Com a apresentação do coral infantil da Legião da Boa Vontade, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte abriu nesta segunda-feira, 1º de outubro, Dia Internacional do Idoso, a mostra fotográfica “Meu retrato minha beleza na terceira idade”.

São 27 fotografias assinadas por Canindé Soares, de mulheres assistidas pela LBV. As visitas ao Salão Nobre da Assembleia podem ser feitas durante a semana, das 8h às 15h.

“Convido as pessoas a virem visitar e trazer uma lata de óleo de soja ou uma lata de leite em pó para ser colocado nas cestas básica que serão distribuídas no Natal”, explicou Canindé Soares, que fez 27 fotos que farão parte de uma exposição permanente na sede da LBV.

“Também faremos fotos para entregar às mulheres”, afirmou Canindé, que aguarda as doações até sexta-feira, 5 de outubro, data em que a exposição será encerrada.

“Primeira vez que fui fotografada, olhe eu de turbante, a cara da riqueza”, disse dona Josidete, de 72 anos, uma das escolhidas para a mostra em homenagem ao Dia do Idoso.

“Eu sou a primeira da fila, a mais bonita”, disse feliz dona Antônia Galdino, orgulhosa por estar sendo visitada. “Tô me sentindo uma atriz, uma artista”, ressaltou a personagem da exposição. “Tô toda amostrada”, afirmou dona Antônia Araújo da Silva, que mora em Macaíba e se desloca para Natal duas vezes por semana para participar das programações oferecidas pela LBV.

Estatísticas O Rio Grande do Norte é um dos Estados com maior número de denúncias de agressão aos idosos. De 2011 a 2018, no Disque 100, o Estado aparece entre o segundo e quarto lugar no ranking nacional de violência contra esse grupo da população.

De acordo com o Disque 100, um serviço do Ministério dos Direitos Humanos, a cada hora são registradas, no país, cinco queixas de violência contra pessoas idosas.

Dados de 2011 revelam que naquele ano foram feitas 324 denúncias sobre violência contra idosos, alçando o estado ao segundo lugar entre as 27 unidades da federação no período.


VIEW POST

View more
Estado

Investimentos em queijeiras vão fomentar mercado e gerar emprego e renda no interior do RN

Por em 29 de setembro de 2018 às 08:00:29

O dia mal clareou e Francisco Macêdo, mais conhecido como Chico de Manoel, já está com toda a família trabalhando na Queijeira São Francisco, zona rural de Santana do Seridó.

De lá saem em média 100 quilos de queijo de manteiga e de coalho por dia para municípios vizinhos e até a Paraíba, a um preço que tem tornado o negócio difícil de manter devido à figura do atravessador. Este problema, porém, está com os dias contados: Francisco é um dos 39 produtores beneficiados com investimentos do Governo do Estado que vão estruturar as queijeiras e equipá-las para obter a tão sonhada certificação.

“É um sonho que vai se realizar. Trabalho com isso aqui há 20 anos, meu pai passou pra mim e nunca achei que um dia conseguiria vender direto ao consumidor. Agora posso sonhar com os supermercados de Natal”, comemora.

A Queijeira São Francisco foi uma das unidades da Cooperativa Agropecuária do Seridó (Capesa) selecionadas pelo Edital de Leite e Derivados lançado pelo projeto Governo Cidadão, com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, e vai receber R$ 470 mil para serem investidos na construção de uma sede própria, aquisição de todos os equipamentos necessários à obtenção da certificação sanitária.

Depois de pronta, a queijeira terá capacidade para dois mil litros de leite diários. Animado, Francisco quer dobrar a produção de queijo para 200 quilos por dia assim que a unidade estiver concluída.

“Os investimentos são fundamentais para regularizar as queijeiras e manter viva a tradição do queijo de coalho e de manteiga no Rio Grande do Norte. O objetivo é fomentar este mercado, incentivar o pequeno produtor e gerar emprego e renda no interior”, destaca o secretário da Sethas e coordenador do projeto Governo Cidadão, Vagner Araújo, que visitou a queijeira nesta sexta-feira (28) ao lado da secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes, e a gerente executiva do projeto Ana Guedes.