Direito

Barroso: discurso do “houve fraude” é de quem não aceita democracia

Por em 29 de julho de 2021 às 16:22:43

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou, nesta quinta-feira (29/7), que o discurso de “se eu perder, houve fraude” é de quem “não aceita a democracia”, ressaltando que nunca foi documentado um episódio do gênero pelo órgão.

As declarações foram concedidas durante a inauguração da nova sede do Tribunal Regional Eleitoral do Acre.

“’Se eu perder, houve fraude’ é um discurso de quem não aceita a democracia, porque a alternância no poder é um pressuposto dos regimes democráticos”, disse.

Imprimir
TAGS

DEIXE UM COMENTÁRIO

2 × 3 =

Publicidade