Categoria Navegação

Política

SONY DSC


VIEW POST

View more
Política

Senador Garibaldi recebe lideranças políticas do interior do RN

Por em 24 de março de 2017 às 14:35:47

O senador Garibaldi Alves Filho (PMDB) recebeu a visita de diversas lideranças do interior do Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (24), em Natal. O encontro com as lideranças foi mediado pelo deputado estadual Raimundo Fernandes (PSDB).

Na ocasião, foram discutidos apoios políticos e a liberação de emendas parlamentares para os respectivos municípios. Estiveram presentes na reunião, a liderança de Venha-Ver, Célio Pinacapau (PRB); de Água Nova, Iromar Carvalho (PMDB); de Pedra Petra, Luiz Antonio (PSD); de José da Penha, Raimundinho (PSD); e de Alexandria,  Geane Pereira (PMDB).



VIEW POST

View more
Política

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Por em 24 de março de 2017 às 12:01:15

A respeito da notícia publicada esta semana, sobre doação de R$ 130 mil pela JBS – empresa investigada na Operação Carne Fraca - à sua campanha, no ano de 2014, o deputado estadual José Adécio informa que o valor foi transferido pelo Diretório Estadual do DEM, seu partido, e declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), conforme determina a legislação.

O parlamentar acrescenta que não tinha conhecimento, até a deflagração da Operação, sobre o que significava a JBS e sempre pautou sua vida dentro da legalidade.



VIEW POST

View more
Política

Zenaide Maia diz não para a PL da Terceirização

Por em 24 de março de 2017 às 07:16:53

Deputada Zenaide Maia -

A Câmara dos Deputados aprovou ontem (22) o Projeto de Lei (PL) 4.302/1998 que libera a terceirização para todas as atividades das empresas. A terceirização é quando uma empresa contrata outra para prestar determinados serviços.

A deputada Zenaide Maia votou contra ao Projeto de Lei. "Votei contra porque acho que esse o Projeto de Lei que libera a terceirização é uma "precarização" dos serviços públicos e privados. É um início para reforma trabalhista. Não acredito que vai aumentar a geração de empregos. É como se tivesse rasgado a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Só tiveram olhar para as empresas", disse a deputada Zenaide Maia.

O texto aguarda agora sanção do presidente Michel Temer para entrar em vigor.


Publicidade
Prefeitura de Tibau