Categoria Navegação

Estado


VIEW POST

View more
Estado

Nelter defende reajuste para produtores do Programa do Leite e pagamento em dia

Por em 14 de agosto de 2019 às 14:15:42

O reajuste no valor do litro de leite fornecido pelos pequenos produtores ao Programa do Leite, do Governo do Estado, foi reivindicado pelo deputado Nelter Queiroz (MPB). O parlamentar fez pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (14) e afirmou que há oito anos o valor não é reajustado, e além disso, os repasses estão atrasados.

“Faço um apelo à governadora pois esse é um assunto que atinge o homem do campo. Fui procurado pela Associação dos Pequenos Produtores de Leite e recebi um relato da situação, prejudicando esses fornecedores”, preocupa-se o parlamentar.

Nelter Queiroz afirmou que são produtores que fornecem diariamente de 20 a 50 litros de leite. O governo estadual deveria repassar o pagamento de 15 em 15 dias, pois existe um fundo próprio destinado a esse fim mas eles, no entanto, estão com seus repasses atrasados. “Os produtores de leite já estão com algumas quinzenas em atraso e além disso, sem receber aumento no valor do litro de leite fornecido”, criticou o deputado.

Servidores

Outra questão abordada pelo deputado diz respeito ao atraso no pagamento dos servidores. Nelter fez um apelo para que o Executivo honre os compromissos e coloque a folha em dia. “Tenho sido muito procurado pelos aposentados, que estão enfrentando dificuldades para honrar seus compromissos e aqui peço encarecidamente que os gestores cumpram com um calendário de pagamento”, afirmou o deputado.



VIEW POST

View more
Estado

Sandro Pimentel critica precariedade em unidade de ensino em Alto do Rodrigues

Por em 13 de agosto de 2019 às 13:21:21

Durante o seu pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (13), o deputado Sandro Pimentel (PSOL) criticou o Governo do Estado pela falta de manutenção no Centro Especializado de Educação Profissionalizante (CEEP), em Alto do Rodrigues. O parlamentar citou várias situações de dificuldades na unidade.

“Eu gostaria que o governo respondesse os motivos que fazem aquela unidade de ensino ser tão abandonada. A educação é a alavanca mor de qualquer Estado e de qualquer nação, mas tenho ficado triste com o que a governadora tem feito em relação à educação”, criticou o deputado.

Sandro Pimentel disse que o CEEP iniciou suas atividades em 2017 com 119 alunos e um grande déficit de professores. Além disso, o sistema elétrico teria funcionado precariamente, bem como a alimentação dos alunos, que era fornecida pelos próprios pais.

“A vontade dos gestores lá é muito grande, e apesar dos problemas, o Centro de Educação é referência na região e parabenizo a professora Iara, que cumpre o papel de diretora, coordenadora pedagógica e faz de tudo para que a unidade funcione”, disse o deputado.

O parlamentar elogiou o empenho e o nível dos alunos, que numa feira de ciências, em Currais Novos, desenvolveram um dessalinizador portátil e conquistaram o 2º lugar no evento.



VIEW POST

View more
Estado

Sesap discute Planejamento Regional Integrado da Saúde

Por em 13 de agosto de 2019 às 11:36:24

Com o objetivo de discutir o Planejamento Regional Integrado da Saúde (PRI) no RN, subcoordenadores e técnicos da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) reuniram-se com o secretário de estado da Saúde, Cipriano Maia, e com a consultora do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), Monique Fazzi, nesta terça-feira (13).

O PRI faz parte do processo de regionalização da Saúde, dentro do qual são organizadas macrorregiões, com foco nas redes de atenção à saúde. A macrorregião será a referência para a alocação dos recursos financeiros destinados às ações e serviços de saúde.

De acordo com Cipriano Maia, “a implementação do PRI consiste num importante desafio para a reestruturação do SUS no estado. É fundamental que ele não seja apenas mais um processo burocrático, mas que produza resultados na prática, articulando todas as áreas e Redes de Atenção à Saúde, também considerando, nesse processo, como racionalizar os recursos de pessoal, equipamentos e financeiros”.

Segundo a subcoordenadora de Desenvolvimento e Acompanhamento de Programações de Saúde da Sesap, Avânia Dias, no RN, já foram definidas e pactuadas as macrorregiões de saúde. A próxima etapa do planejamento será o diagnóstico e análise situacional, para identificar as necessidades de saúde da população e da capacidade instalada nas regiões de saúde.

Em seguida, será feita a organização dos pontos de atenção da Rede de Atenção à Saúde, para garantir a integralidade da atenção à saúde para a população. Além disso, o PRI engloba etapas como a definição das prioridades sanitárias, identificação dos vazios assistenciais e sobreposição de serviços para fins de orientar a alocação de recursos, entre outras.

“Nosso objetivo é dar prosseguimento às etapas do PRI, de forma alinhada à construção do Plano Estadual de Saúde, que deve ser orientado pelas necessidades de saúde da população”, explica Avânia Dias.