Categoria Navegação

Estado


VIEW POST

View more
Estado

Projeto Coleta Seletiva Solidária reaproveita materiais obsoletos da Assembleia Legislativa

Por em 20 de fevereiro de 2019 às 10:01:36

O Programa de Coleta Seletiva Solidária da Assembleia Legislativa, lançado no final do ano passado, tem avançado e atingido bons resultados em sustentabilidade. Dentre as ações desempenhadas pelo projeto, ganha destaque o reaproveitamento de materiais obsoletos da Casa.

Exemplos disso são os objetos artesanais produzidos a partir de itens em desuso como disquetes e fitas cassete – que através das ideias criativas do programa, se transformaram em blocos de anotações, porta lápis e porta celular.

À frente do programa, a servidora Joana D’arc Rodrigues explica que a confecção dos objetos é apenas uma das ações previstas pelo projeto ‘Coleta Seletiva Solidária’, que segundo ela tem como objetivo principal a adequada separação e destinação dos resíduos recicláveis gerados no âmbito do Legislativo Estadual – atendendo às legislações específicas.

Concluídas as etapas de diagnóstico e de seleção da cooperativa de catadores de materiais recicláveis que irá receber os resíduos gerados no âmbito da Assembleia Legislativa, Joana esclarece que o programa entra agora em uma nova fase: a de sensibilização dos servidores.

“Vamos iniciar nos próximos dias a implementação prática do projeto. Para isso, a nossa equipe irá percorrer os setores da Casa orientando quanto ao adequado descarte do lixo. Em suma, são apenas dois tipos de resíduos: sujos e limpos. O limpo será destinado à cooperativa”, disse ela.

Para a vice-presidente da comissão que coordena o projeto, os efeitos da coleta e reaproveitamento de resíduos sólidos vão além da questão ambiental. “Desempenha também uma importante função social e econômica, no momento em que gera emprego e renda às famílias cooperadas, possibilitando ainda a inclusão social de pessoas historicamente marginalizadas”, observa Claudia Catarina. De acordo com a servidora, mais de 10 toneladas de resíduos já foram destinados até o momento para a cooperativa, em ação que recolheu materiais inservíveis dos setores de almoxarifado, galpão, manutenção e Escola da Assembleia.

Além da coleta e destinação dos resíduos recicláveis, o programa prevê também conscientizar e promover o adequado descarte de resíduos perigosos e eletrônicos, como lâmpadas, pilhas e periféricos de informática. Uma outra ação prevista é sensibilizar os servidores legislativos para a redução do consumo de materiais de expediente, tais como papel e copos descartáveis.

O programa de Coleta Seletiva Solidária da Assembleia é desenvolvido por uma comissão formada por cinco servidores de diversas áreas e setores da Casa. Ela é responsável pelo planejamento, operacionalização e monitoramento das ações, além da interlocução com a cooperativa de catadores.



VIEW POST

View more
Estado

Obras da RN-087 são tema de reunião no projeto Governo Cidadão

Por em 20 de fevereiro de 2019 às 09:16:56

O início das obras da estrada RN-087, entre Cerro-Corá e Lagoa Nova, foi tema central de reunião nesta terça-feira (19) no projeto Governo Cidadão. O secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro, a gerente executiva Ana Guedes, o gerente do DER no projeto, Nicodemus Ferreira, a empresa supervisora da obra ATP Engenharia e os setores de Engenharia e Jurídico se reuniram para discutir as questões fundiárias que no momento impedem a reconstrução da estrada.

Autorizada desde agosto de 2018, a obra teve seu canteiro implantado, mas nunca começou de fato. A desapropriação de alguns terrenos, com construções dentro da área de segurança da estrada, impediram o início. Agora o Governo do Estado retomou o diálogo para resolver os problemas.

“Herdamos esses problemas da gestão passada, que estavam se arrastando há alguns meses, e temos como prioridade resolvê-los. Ajustes no traçado da estrada foram necessários para atender as especificações do projeto e 105 proprietários de terrenos estão afetando o trajeto da pista, porque se encontram dentro da área de segurança que a legislação estabelece para estradas. A maioria deles já foi identificada e estamos comunicando cada um da necessidade de se adequarem à legislação, garantindo o espaço necessário para construção da rodovia”, explica Mineiro.

Outra área a ser considerada pertence a um assentamento do Incra. Nesta, a estrada passa por dentro. Na reunião de hoje ficou marcado um encontro com o superintendente do Incra no RN na próxima sexta-feira (22) para tratar da questão.

Mineiro também determinou que a associação de assentados seja comunicada da situação e chamada para o diálogo. Por último, ficou definido que o projeto Governo Cidadão irá viabilizar junto ao Banco Mundial autorização para realizar ajustes no trajeto da estrada nas áreas habitadas em comunidades rurais.

Os investimentos na RN-087 somam R$ 8,7 milhões e são via projeto Governo Cidadão, Banco Mundial e DER. Serão feitas a estruturação, revestimento asfáltico, drenagem e sinalização numa extensão de 14,84 km.



VIEW POST

View more
Estado

Conselhos Regionais de Turismo do RN se reúnem durante o mês de fevereiro

Por em 19 de fevereiro de 2019 às 14:18:18

Começa hoje (19) e vai até o dia o dia 28 de fevereiro as reuniões dos Conselhos Regionais de Turismo do Rio Grande do Norte, distribuídas pelos cinco polos do estado.

A primeira reunião dos polos de 2019 ocorre nesta terça-feira (19), às 9h, com o Conselho Regional do Polo Serrano, no município de Serrinha dos Pintos/RN. Em seguida, no dia 20 de fevereiro, também às 9h, será a vez do Polo Costa Branca, que fará sua 41ª reunião no município de Macau/RN, no Centro de Cultura e Desenvolvimento Sustentável, próximo a sede do Idema, na RN-403.

A partir da terça-feira (26) as agendas das reuniões continuam, será a vez do encontro do Polo Agreste-Trairi, no município de Serra Caiada/RN; em seguida Cerro-Corá recebe a reunião do Conselho Regional do Seridó no dia 27 de fevereiro, quarta-feira, e para finalizar na quinta-feira, 28 de fevereiro, acontece a reunião do Conselho Regional Costa das Dunas, em Natal, no Centro de Convenções, a partir das 9h.

Todas as reuniões dos conselhos terão a participação da secretária de turismo do RN, Ana Maria da Costa; da subsecretária de turismo, Solange Portela e da chefe do financeiro da Setur, Mércia Motta. Na pauta de cada polo, questões ligadas à interiorização do turismo e também uma explanação sobre a Portaria nº 192, de 27 de dezembro de 2018, que trata sobre as exigências para o novo mapeamento turístico dos municípios.

Nas novas exigências da Portaria estão a necessidade de cada município ter pelo menos um prestador de serviço turístico devidamente registrado no Cadastur e a comprovação do Conselho Municipal de Turismo em atividade.