Categoria Navegação

Estado


VIEW POST

View more
Estado

Agricultores familiares de Upanema terão central de comercialização própria

Por em 16 de Fevereiro de 2018 às 11:00:15

Está muito perto de se tornar realidade o sonho dos agricultores familiares de Upanema. É que o Governo do RN, por meio do Governo Cidadão, Sethas e Banco Mundial, está construindo uma Central de Comercialização da Agricultura Familiar no município que irá beneficiar mais de 20 famílias de agricultores e proporcionar um espaço único para vender os próprios produtos.

Ramilson Nunes da Rocha, 39, é um dos beneficiados que enxerga na Central um novo momento para os agricultores do município. “Cada um vai ter seu ponto certo e com a ampliação da produção, teremos variedade para oferecer aos clientes”, diz. O aumento da produção se dará com a distribuição de kits de irrigação, também incluída no projeto. Além de kits de artesanato e máquinas de costura para as mulheres.

A maioria dos agricultores já produz hortaliças como alface, pimentão, coentro e frutas como acerola, mamão, banana, melão. Com a ampliação da área de produção, querem plantar goiabeira, coqueiro e feijão verde. “As pessoas pedem muito coco, tanto seco quanto verde. E o feijão verde também é muito procurado”, diz o agricultor Ubiratan Rocha, 51, que também produz queijos.

Na visão de João Mariano da Silva, 40, todos vão ganhar com a Central – tanto os agricultores familiares quanto o próprio município. “Muitas vezes voltamos pra casa com sobra e todos os produtos se perdem. Agora vamos ter onde guardar o que sobrar e nada mais vai se perder”, destaca.

As mulheres serão beneficiadas com as máquinas de costura e terão um espaço para comercializar o próprio artesanato dentro da Central. “É um sonho realizado porque sabemos que máquina de costura industrial é muito caro. Não teríamos como ter isso se não fosse esse projeto”, diz a artesã Rosilene de Oliveira Silva, 49.

O projeto está orçado em R$ 438 mil, sendo R$ 274 mil para construção e equipagem da Central e o restante para os kits de irrigação e de costura. Para o coordenador do projeto Governo Cidadão, Vagner Araújo, a Central de Comercialização inaugura um novo momento em Upanema. “É a garantia de um local próprio para vender sua produção, sem atravessadores”, destaca.

Fotos: João Vital



VIEW POST

View more
Estado

Ministro Kassab apresenta programa ‘Internet Para Todos’ em Natal 

Por em 16 de Fevereiro de 2018 às 10:09:17

 

 

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, desembarca em Natal na próxima terça-feira (20) para apresentar, a convite do Governo do Estado, o programa 'Internet Para Todos', que tem como objetivo oferecer internet banda larga de graça ou a preço reduzido em milhares de localidades brasileiras. O evento será na Escola de Governo, no Centro Administrativo, às 11h.  

O deputado federal Fábio Faria (PSD), que pleiteou junto ao Governo do Estado a implantação deste projeto no RN, afirma que a internet chegará, a princípio, a 27 municípios potiguares, proporcionando inclusão digital a milhares de pessoas.

"A importância da conectividade é especialmente social, por levar desenvolvimento a áreas mais isoladas, promovendo a inclusão para quem mais precisa", disse Faria.   

O programa promete levar banda larga a locais sem conectividade de todo o país e também a escolas e hospitais, a partir do SGDC (Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas).

"Nas escolas e unidades de saúde, o acesso será gratuito. Já o usuário das localidades beneficiadas vai pagar, mas bem mais barato pois o serviço está isento de tributos”, explica Kassab. 

Segundo o ministro, o programa é de grande relevância, pois atualmente 60 milhões de brasileiros não têm acesso a internet e, desse total, 20 milhões que possuem celular não podem usar onde moram porque não existe sinal. 



VIEW POST

View more
Estado

Agroindústria de polpa de frutas beneficia famílias na zona rural de Janduís

Por em 5 de Fevereiro de 2018 às 10:06:01

A agricultora Silvana Monteiro, 33, nem acredita quando entra na sede da agroindústria de polpa de frutas localizada em frente à sua casa na comunidade de Poço da Forquilha, município de Janduís.

“Ainda parece um sonho”, diz, sem disfarçar o brilho nos olhos. Produtora de polpa há alguns anos, Silvana é presidente da Associação Comunitária do Poço da Forquilha, que conseguiu em edital do Governo do RN a construção de uma unidade de beneficiamento de frutas que vai transformar a vida das famílias da comunidade.

Por meio do projeto Governo Cidadão, Sethas e Banco Mundial, 27 famílias passarão a produzir cinco mil quilos de polpas de frutas por mês e chegar a mercados nunca antes pensados. A agroindústria está pronta, aguardando apenas a chegada dos equipamentos.

“Essa unidade vai melhorar a vida de todas nós. Vai ser nossa renda, nosso trabalho”, completa Silvana. Atualmente elas utilizam outra estrutura para produzir em torno de dois mil quilos de polpas por mês.

O diferencial das mulheres de Poço da Forquilha é que elas produzem as próprias frutas, entre elas acerola, goiaba, caju, tamarindo, cajarana, entre outras. Atualmente fornecem o produto para programas governamentais como o PAA e PNAE, em parceria com a Cooperuba, localizada em Caraúbas.

"Temos esse sonho de nossa polpa chegar até Natal e não tínhamos estrutura para isso. Agora temos tudo pronto, vamos conseguir as certificações necessárias e comercializar para todos os supermercados da região”, comemora a agricultora. Os investimentos do Governo do RN somam R$ 249 mil.

Para o secretário de Trabalho e Assistência Social e coordenador do projeto Governo Cidadão, Vagner Araújo, o projeto vai fomentar a economia de Janduís, além de levar renda e dignidade aos moradores da zona rural. “É uma pequena indústria, mas que vai transformar a vida dessas pessoas e proporcionar a elas uma renda garantida todo mês”, destaca.

Foto: João Vital